(21) 3448-7609

Nenhum item no Carrinho.

6 motivos para migrar para o CFTV IP

6 motivos para migrar para o CFTV IP

  • Por MR2NET Segurança Eletrônica
  • |
  • CFTV
  • |
  • 8 de março de 2017

A evolução da tecnologia está acontecendo num ritmo espantoso. No decorrer dos últimos anos, temos visto uma série de dispositivos, como TVs, computadores e smartphones, ficarem mais modernos e ganharem novas funcionalidades. E esta evolução também tem englobado os sistemas de CFTV, que deixaram de funcionar apenas com câmeras analógicas, e passaram a usar também as câmeras IP (Internet Protocol).

Mas apesar desse progresso, o fato é que o Brasil ainda está muito atrasado nessa mudança. Muitas empresa ainda insistem em utilizar o CFTV analógico, o que as faz perder todos os benefícios proporcionado pelo digital, que utiliza as câmeras IP. A seguir, daremos 6 bons motivos para sua empresa começar a utilizar o CFTV digital o quanto antes. Confira:
1. A qualidade da imagem é superior
Uma das principais vantagens do CFTV digital está relacionado à qualidade da imagem capturada pelas suas câmeras IP. Algumas possuem 5 megapixels e capturam imagens de alta definição, com formato 1920 x 1080 ou 2,048 x 1,536. E diferentemente das analógicas, as câmeras IP não sofrem interferências eletromagnéticas causadas por condutores e transmissões de radiofrequência, o que evita a perda de informações nas imagens.
2. A análise de vídeo se torna mais inteligente
As câmeras IP possibilitam uma análise mais detalhada das imagens e um maior zoom sem borrões. Além disso, algumas câmeras possuem detectores de movimento, o que permitem a gravação apenas quando há presença de pessoas na área de monitoramento for detectada. E quando isto acontece, o sistema envia um alerta para os responsáveis, que podem verificar as imagens remotamente por meio de tablets e smartphones.
3. O número de câmeras é reduzido
Como as câmeras IPs do sistema de CFTV digital capturam imagens de maior resolução, elas conseguem monitorar áreas maiores e reduzir o número de dispositivos necessários para vigiá-los. Uma única câmera IP pode substituir, por exemplo, três ou quatro analógicas, dependendo de sua capacidade. Esta redução do número de dispositivos facilita a sua instalação e a manutenção e simplifica o monitoramento das imagens.
4. A quantidade de cabos é diminuída
No sistema analógico, cada câmera deve ser conectada diretamente ao DVR (Digital Video Recorder), independentemente do quão afastada ela está dele. Já no sistema digital, as câmeras que ficam relativamente próximas uma das outras são conectadas ao Poe Switch, que se conecta por meio de um único cabo ao NVR (Network Video Recorder). Isto reduz a quantidade de cabos e facilita os processos de instalação e manutenção.
5. A flexibilidade e a escalabilidade do sistema é maior
O sistema de CFTV analógico impõe um limite de câmeras, já que o número de portas do DVR é limitado. O sistema digital, por outro lado, é flexível e possibilita a instalação da quantidade de câmeras que for necessária. Alguns PoEs Switches permitem a instalação de até 24 dispositivos. E se mais câmeras forem necessárias, é possível instalar mais switches e duplicar, triplicar ou quadruplicar este valor, dependendo, claro, da capacidade do NVR.
6. As despesas são reduzidas a longo prazo
As câmeras IP são mais caras do que as analógicas. Mas se considerarmos a complexidade da manutenção das câmeras analógicas, e a quantidade de cabos que elas exigem e a baixa qualidade das imagens capturadas por elas, veremos que são bem mais caras a longo prazo. Isto sem contar a limitação de dispositivos impostos pelo sistema de CFTV analógico, que não acompanha as necessidades de seus usuários.
E então, ficou convencido de que sua empresa precisa de um CFTV digital? Aproveite para conhecer os nossos sistemas ou entrar diretamente em contato conosco para tirar as suas dúvidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *