(21) 3448-7609

Nenhum item no Carrinho.

Prefeitura do RJ quer integrar câmeras particulares ao Centro de Operações

Prefeitura do RJ quer integrar câmeras particulares ao Centro de Operações

Secretaria Municipal de Ordem Pública está elaborando decreto que permitirá ampliação da rede de vigilância

Atualizado em 20/01/2017 09h33

Cariocas e turistas de todo o mundo que visitam a cidade maravilhosa todo ano poderão contar com um reforço a mais na segurança das vias públicas e orla de praias. Isso porque a prefeitura, através da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), está finalizando um decreto que permitirá que imagens de câmeras de segurança de comércios e prédios residenciais direcionados à vias públicas possam ser integrados ao Centro de Operações Rio (COR).

O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (18), pelo secretário municipal, coronel Paulo Amendola, durante reunião promovida em Copacabana pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH) para discutir os rumos do turismo no Rio.

A proposta é que os responsáveis pelas câmeras, pessoas físicas ou jurídicas, assinem um termo de cessão sem encargos para o município, que se encarregará de viabilizar a integração da unidade privada ao COR. Caberá à Seop verificar a viabilidade técnica e operacional do circuito particular, e celebrar acordos de cooperação técnica junto aos órgãos de segurança do estado com o objetivo de compartilhar as imagens adquiridas.

O secretário também adiantou que todas as 15 inspetorias da Guarda, braço operacional da Seop, farão levantamentos para saber a localização e a qualidade das imagens das câmeras de suas áreas de atuação que poderão ser incluídas no sistema. A previsão de conclusão desta etapa é de 10 dias.

Após a elaboração do decreto, ele seguirá para a avaliação e aprovação do prefeito Marcelo Crivella.

Revista Digital Security

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *