(21) 3448-7609

Nenhum item no Carrinho.

Samsung Wisenet Série Q traz codificação H.265 e tecnologia WiseStream

Samsung Wisenet Série Q traz codificação H.265 e tecnologia WiseStream

A Samsung Wisenet, marca adquirida pelo grupo coreano Hanwha Techwin America, apresenta suas novas câmeras da linha Wisenet Série Q, que trazem a codificação H.265, recurso que garante qualidade de imagem, com uma redução de até 50% no consumo de banda na rede em comparação com o padrão anterior, de H.264.

Os 24 modelos de câmeras da Série Q também incluem a tecnologia de compressão WiseStream da Hanwha Techwin, que equilibra a qualidade de imagem e a compressão baseada em movimento dentro de uma cena. Assim, quando há movimento, a qualidade da imagem é melhorada para visualização e gravação e, quando não há, a qualidade é diminuída.

Combinado com os gravadores de vídeo XRN e software de gerenciamento, os usuários podem configurar uma solução completa do formato H.265.

“As tecnologias por trás desta nova linha de câmeras bullet e dome combinam-se para as câmeras da Série Q ficarem entre as mais modernas disponíveis no mercado hoje”, diz Fernando Tomasiello, vice-presidente da Hanwha Techwin America para América Latina. “Além disso, as câmeras Wisenet Série Q têm preços competitivos, o que não compromete a alta qualidade de imagens ou seus recursos, sendo acessíveis aos usuários que buscam reduzir o custo total de propriedade”, garante.

Disponíveis nas resoluções de 2MP e 4MP, a linha de câmeras Wisenet Série Q foi projetada para fornecer uma solução de videovigilância para educação, bancos, varejo, saúde, ambientes corporativos e vigilância pública.

As câmeras incluem a função de amplo alcance dinâmico (WDR), função corredor e LDC de correção de distorção, nitidez e iluminação com infravermelho (IR), além de fornecer um recurso padrão para garantir que as câmeras entreguem vídeos de alta qualidade em ambientes com pouca luz.

Outras características adicionais contribuem para a flexibilidade e robustez das novas câmeras Wisenet Série Q, como capacidade de detecção de movimento, detecção de perda de foco e violação; alimentação por cabo ethernet (PoE) ou cabo DC; e armazenamento via gravador de rede ou cartões micro SD/SDHC/SDXC de até 128 GB na própria câmera.

Revista Digital Security

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *